Blog

Fique informado das notícias do mercado imobiliário

Casa com pets cheirosa e limpinha: confira dicas de especialistas

Os cuidados também são necessários para garantir a segurança da saúde de todos.


Publicado em 07 Janeiro 2019

Compartilhe:    

Casa com pets cheirosa e limpinha: confira dicas de especialistas

Pelos aqui e ali, algum cheirinho residual de xixi e de cocô e mesmo aquele odor meio forte característico dos animais são as queixas mais comuns de quem tem cachorros e gatos dentro de casa. Claro que o amor por eles é tão grande que normalmente relevamos e achamos até um charme as blusas “personalizadas” com pelos dos nossos amores.

Mas manter uma rotina de higiene dos ambientes é importante tanto para garantir a segurança da saúde de todos – deixando lá longe o risco do aumento de crises de doenças respiratórias como asma, sinusite e rinite – quanto para possibilitar que a casa esteja sempre limpinha e cheirosa. E é mais simples do que você imagina!

 

Não use água sanitária e cloro em ambiente com pets

Lembra daquele hábito antigo de limpar os ambientes dos pets com água sanitária? Esqueça-o! A água sanitária pode causar dermatite de contato e até queimaduras nas “almofadinhas” das patas de cães e gatos. O mesmo vale para o cloro.

 

Evite varrer os pelos

Cães e gatos soltam pelos, a vida é assim mesmo. Só que os pelos não podem ficar rolando indefinidamente pela casa, não é verdade? Isso pode fazer com que eles se unam à poeira e aos ácaros naturais do ambiente e essa mistura leve a crises respiratórias (alergia e asma, por exemplo).

Neste momento, resista à tentação de pegar uma vassoura para resolver o problema: o varrer faz com que tudo (pelos, poeira e ácaros) tenha pequenas partículas espalhadas pelo ar – ou seja, a limpeza nunca é completa. As melhores opções são usar o aspirador, o velho e bom pano úmido ou os modernos e práticos mops (aqueles rodos com espuma acoplada) para limpar o chão.

 

Higienize superfícies além do chão

Mesmo sem serem varridos, os pelos podem voar pela casa quando bater um ventinho e se instalar em todos os tipos de superfícies, que também precisam de atenção. Use panos de microfibra úmidos ou lencinhos umedecidos de limpeza para higienizar os móveis e aspirador ou rolos adesivos para tirar os pelos de sofás e poltronas.

 

Troque a roupa de cama frequentemente

É uma delícia dormir acompanhada pelo(s) cachorro(s) e pelo(s) gato(s), mas aos poucos os pelos deles começam a “entrar” nas fibras dos lençóis e das cobertas. Por isso, troque fronhas, lençóis e cobertores duas vezes por semana.


Fonte: M de Mulher