Blog

Fique informado das notícias do mercado imobiliário

Pandemia de coronavírus traz oportunidade para fazer um bom negócio no setor imobiliário

A mesma crise que coloca uma tensão no comércio, pode trazer para você a chance de fazer um bom negócio


Publicado em 07 Maio 2020

Compartilhe:    

Pandemia de coronavírus traz oportunidade para fazer um bom negócio no setor imobiliário

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) atingiu todas as camadas da população mundial, principalmente quando o assunto é a economia. O desemprego relacionado ao fechamento do comércio e de alguns setores da indústria é um dos pontos mais temidos desse distanciamento social, sugerido pelos governos de vários países e recomendado pela a Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas é nesse cenário que investidores e especialistas do mercado imobiliário apontam: a mesma crise que coloca uma tensão no comércio, pode trazer para você a chance de fazer um bom negócio.

“Se você tem um capital ou uma liquidez que seria investido no mercado financeiro, essa pode ser uma boa oportunidade de comprar um imóvel”, conta Jamil Nassif, diretor de negócios da urbanizadora Setpar.

Em tempos de volatilidade econômica, muitos investidores que acreditaram na alta da bolsa de valores, no final de 2019, tiveram parte de seus patrimônios reduzidos em até 51% com a chegada do novo coronavírus. Isso porque, dentro de 8 dias, houve seis circuit breakers na bolsa de valores brasileira, ou seja, a interrupção total dos trabalhos da bolsa. Isso só acontece quando o Ibovespa cai mais do que 10% no dia.

Por outro lado, a queda dos juros está a favor de quem procura investir em um imóvel, por exemplo. Com os cortes sucessivos na taxa Selic, podendo atingir um novo mínimo histórico de 3% ainda esse semestre, o cenário mudou e direciona investidores a procurarem os imóveis como uma maneira rentável e segura de aplicar o seu dinheiro. Especialistas apontam que quem compra um terreno em um empreendimento em construção, garante uma valorização de até 40% quando é autorizada a construção no terreno.

“Quem investe em um terrenonessas condições de mercado terá a melhor garantia da preservação do seu capital e um grande retorno em um tempo relativamente razoável, diferente de aplicar em uma renda fixa que está desvalorizada ou até mesmo no mercado de ações, que se encontra no seu mais alto nível de instabilidade”, explica Nassif.

E não precisa ter o dinheiro total do imóvel para se tornar um investidor, você pode conquistar esse espaço mesmo usando a condição de pagamentos fixos ou parcelamento facilitado. Para Angelo Kelm, diretor de marketing da urbanizadora Setpar, quem for investir precisa encontrar, antes de tudo, uma empresa que garanta a entrega do imóvel e que conceda uma facilidade nas negociações.

“Conhecer o produto que vai investir e o histórico da empresa é fundamental. O imóvel é tradicionalmente um investimento seguro e com essas condições de mercado por conta da pandemia do novo coronavírus, escolher uma empresa sólida, com garantia de entrega, faz toda a diferença para seu investimento”, aponta Kelm.

Empresas e financiadoras da construção civil do país estão trabalhando para manter o mercado imobiliário ativo, criando estratégias para quem deseja sair do aluguel e/ou investir em um imóvel.

A Setpar é um exemplo. Desde março, a urbanizadora está com uma ação de conceder 10% de bônus sobre todo o valor pago para quem investir em um de seus empreendimentos até 30 de junho, seja à vista ou através de um parcelamento realizado diretamente com a empresa.


Fonte: OGFI - Governance